Tags

, , , , , , , ,

luzes

Oi meninas,

Hoje é dia 24 de dezembro de 2014 véspera de Natal, o dia onde as famílias se reúnem com o intuito de celebrar o nascimento de Cristo.
Época que muitos ficam com o coração mais sensível, pedem perdão, se reconciliam, tentam escrever uma nova página em suas vidas.
A família é a maior instituição que papai do céu criou. Se tem uma coisa que Ele ama é ver todos unidos, um cuidando do outro com a esperança que tudo dê certo, independente das circunstâncias.

Por isso hoje eu vim falar dessa palavra tão maravilhosa que é Esperança.Vim falar da esperança que vive dentro do meu coração e os motivos pelos quais – essa esperança cresce cada dia mais no meu peito, de forma intensa e emocionante. É o motivo pelo qual que deitar todas as noites para dormir não é um momento de ansiedade e preocupação e sim um momento de comunhão com Deus, de entrega e da certeza que independente dos problemas Deus já preparou um novo dia para você.

Também é o motivo que me faz repensar meus erros, de corrigi-los e amar aquilo que Ele me deu. Também é onde encontro confiança de que a ansiedade não serve pra nada. É onde sou ouvinte, ou simplesmente onde abraço. Deus viu o mundo do jeito que estava – ruim, distante, sem temor, sem paz, sem amor, sem alegria, sem misericórdia um dos outros, sem compreensão, sem mansidão, sem dialogo e sem sabedoria.
Deus viu um mundo que estava se acabando em guerra de poder, da falta de crer, da falta de comunhão e amor, ele viu o povo pecando de maneira brutal. E em vez do papai do céu ficar bravo, seu coração transbordou de amor por nós, Ele nos amou muito mais naquele momento! Como entender? Quando alguém te machuca e de volta você dar amor?
Deus teve misericórdia de toda aquela violência que o ser humano estava fazendo consigo e com o seu próximo. Deus teve tanto amor, que mandou o seu precioso filho, para vir na terra, nascer de uma virgem, depois ter irmãos, ter pai e mãe, conviver dentro de uma família normal, com todas as dificuldades do dia a dia, e depois quando adulto da a oportunidade de viver 3 anos de ministério aqui na terra, ensinando, amando, gerando discípulos e passando por dificuldades que incluem: sofrimento, dor (pois creio que a gente não passa nem 1% do que Ele passou) sabendo que iria morrer por nós e ressuscitando ao terceiro dia (GERANDO ESPERANÇA EM NÓS), demonstrado-nos que o nosso Deus NOS AMA, e que podemos contar com Ele, e que Além de tudo isso, deixou o Espírito Santo para cuidar de nós, para nos guiar, aconselhar, ensinar e amar não tem outra forma de entender tudo isso se não for, amor…

Ele nos deu Esperança, esperança de uma vida em abundância (a paz de sabermos que o nosso pai, é dono de todo o mundo) a paz de sabermos que Ele é Deus, e que Ele morreu por nós.
Apesar de dia 25 não ser a data que Jesus nasceu, mas foi esse dia que criamos para comemorar o aniversário Dele, nasça em nós uma nova Esperança, uma nova intimidade com essa esperança. Que nesse dia, possamos entregar para Deus as nossas vidas e VIVER uma nova novidade de vida, que é Jesus.

As-cascatas-de-luzes-deixam-qualquer-espaço-mais-elegante-e-sofisticado

“Eu penso que o que sofremos durante a nossa vida não pode ser comparado, de modo nenhum, com a glória que nos será revelada no futuro. Pois foi por meio da esperança que fomos salvos. Mas, se já estamos vendo aquilo que esperamos, então isso não é mais uma esperança. Pois quem é que fica esperando por alguma coisa que está vendo? Porém, se estamos esperando alguma coisa que ainda não podemos ver, então esperamos com paciência.
Assim também o Espírito de Deus vem nos ajudar na nossa fraqueza. Pois não sabemos como devemos orar, mas o Espírito de Deus, com gemidos que não podem ser explicados por palavras, pede a Deus em nosso favor. E Deus, que vê o que está dentro do coração, sabe qual é o pensamento do Espírito. Porque o Espírito pede em favor do povo de Deus e pede de acordo com a vontade de Deus. Pois sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano.
Porque aqueles que já tinham sido escolhidos por Deus ele também separou a fim de se tornarem parecidos com o seu Filho. Ele fez isso para que o Filho fosse o primeiro entre muitos irmãos.” Romanos 8: 18, 24-29.

Deixo a vocês essa reflexão de Natal, com Aquele que realmente é importante. Que nesse dia uma nova história de esperança nasça em nossos corações!
Um feliz Natal, cheio de comunhão e intimidade com Deus.

Xoxo