Tags

, ,

Oi amores!!!

Hoje o post está mais do que especial e diferente de tudo que já postei por aqui. Vim falar da menina Marina, um caso que me chamou atenção e fui pesquisar sua veracidade e fiquei comovida com a sua história. Marina é uma princesa de apenas oito meses, que precisa fazer um transplante de intestino delgado, segue em detalhes a história dessa princesa guerreira, pelas palavras de Luiza, mãe da Marina.

Conheça mais sobre o caso de Marina, através das palavras de sua mães; Luiza.

“Ela é uma bebezinha de oito meses, que nasceu prematura (de sete meses) por incompetência do colo uterino. Ao nascer sofreu uma necrose no intestino e ficou com uma síndrome raríssima “síndrome do intestino ultra curto”, isso fez com que ela tivesse somente cinco centímetros de intestino (impossível de suprir suas necessidades) através de um cateter (que supre 85% de suas necessidades) na veia que vai para o coração e a causa infecções (ela já teve várias) além de tudo isso, esse tipo de nutrição afeta o fígado. Marina também usa uma fenda no nariz (que leva uma pequena quantidade de leite para o estômago em sistema de gotejamento (porque o intestino dela não suporta muita quantidade) Ela não pode comer pela boquinha, sente fome e sofremos porque ela chora, mas é pior para ela se dermos alimentação oral. Hoje ela precisa de um transplante de intestino delgado, que no Brasil não faz – é experimental, o último foi feito a dez anos na santa casa de São Paulo (todas as crianças faleceram a curto prazo e até hoje não estão fazendo mais – porque infelizmente no nosso país não existe um sistema eficaz de captação de órgãos). Então para ela viver precisa fazer o transplante nos EUA, só a cirurgia com acompanhamento custa cerca de dois milhões de reais. A última criança que entrou com uma ação para o SUS pagar (a justiça federal concedeu e o governo federal recorreu e a bebe acabou falecendo) Por favor, peço a ajuda de vocês de qualquer forma, ela está no hospital infantil Sabará São Paulo, sempre no nono andar. Marina nunca saiu na rua, mora no hospital. Passou apenas um mês em casa, quando recém nascida. O valor de dois milhões inclui apenas a cirurgia e o acompanhamento. ” Luiza Stella, mãe da Marina.

10305426_721583007902771_8680604731337662731_n 10366243_842337602460693_3694751477093374138_n internada-Hospital-Infantil-Sabara-Paulo_ACRIMA20140515_0029_15

Gente, vamos ajudar… Até ontem (vi no instagram da Luiza, mãe da Marina) eles já tinham R$ 611 mil reais de doação, mas para a cirurgia é necessário muito mais que isso, além de nossas orações para a cura de Marina é necessário pedirmos a papai do céu força para os pais de Marina, pois não é nada fácil essa situação, desde o nascimento Marina e seus pais vivem no hospital, esperançosos e angustiados.
Os dados bancários para os interessados em contribuir são: Banco do Brasil | Agência: 1603-9 | C.C: 17468-8 | Luiza Stella Correia Ferreira | CPF: 976328995-53.

Compartilhe essa causa: Facebook #AjudeMarina: https://www.facebook.com/ajudemarina?ref=ts&fref=t
Instagram da Luiza: @luizastellaaju

Uma semana abençoada, vamos compartilhar essa causa e ajudar essa princesa.

Beijinhos